Tratamento para Mal de Parkinson

Grid List

Direção Descendente

13-13 de 13

Página:
  1. 1
  2. 2

Grid List

Direção Descendente

13-13 de 13

Página:
  1. 1
  2. 2

O Mal de Parkinson é uma doença neurodegenerativa que pode afetar uma grande parcela da população idosa no mundo, essa é sem sombra de dúvidas uma das doenças que mais apresenta dificuldades para o convívio da pessoa portadora.

É bastante comum essa doença apresentar sintomas que evoluem de forma gradativa e que podem começar a se manifestar silenciosamente, de forma quase imperceptível e que com o passar do tempo torna-se mais evidente.

Apesar de ser uma doença que é mais comum em idosos, existem casos onde o Parkinson já foi diagnosticado em pessoas mais jovens na faixa etária entre 30 e 40 anos.

Ou seja, o Mal de Parkinson não é uma doença exclusiva da terceira idade e necessita de bastante atenção para que seja possível identifica-la o mais rápido possível, no intuito de desacelerar o seu avanço e diminuir bastante todos os sintomas envolvidos com essa doença.

O que é o Mal de Parkinson ?

O Mal de Parkinson é um distúrbio neurológico progressivo, que atinge o sistema nervoso central e passa a comprometer os movimentos do corpo de forma progressiva e retira a autonomia da própria pessoa sobre grande parte das suas ações ao mesmo tempo que dificulta o convívio pessoal.

Essa é a doença degenerativa que está em segundo lugar em número de pessoas afetadas em todo o mundo, e se encontra abaixo apenas do número de pessoas que são afetadas pela Alzheimer.

A doença de Parkinson atinge uma parcela maior de homens do que de mulheres, e ocorre independentemente de raça, país de origem, classes sociais e grupos étnicos.

Tem uma incidência alta e pode ocorrer entre 8 e 18 casos a cada 100 mil habitantes, por essa razão estima-se que existam aproximadamente 200 mil casos no brasil e cerca de 10 milhões de pessoas em todo o mundo com essa doença.

O Mal de Parkinson é bastante comum a partir dos 55 anos de idade e a sua incidência aumenta conforme a idade, de forma que praticamente dobra após os 70 anos.

Essa é uma doença tipicamente causada pela redução constante nas quantidades de dopamina produzidas pelo cérebro, que ocorre devido a danos causados a uma área do cérebro denominada de Substância Negra.

Essa área é responsável por produzir o neurotransmissor dopamina, que tem como uma de suas funções principais ajudar a controlar os movimentos.

Ou seja, a degeneração dessa área no cérebro aos poucos começa a causar os sintomas característicos da doença, como os tremores e a lentidão para se movimentar.

Quando as quantidades de dopamina no cérebro ficam baixas constantemente, a degeneração das células é maior e isso faz com que uma parte do cérebro morra mais cedo, o que influencia diretamente a dificuldade para se movimentar e também os outros sintomas do Parkinson, como:

  • Lentidão
  • Redução dos movimentos
  • Tremor

Atualmente, acredita-se que essa doença possa ser influenciada por uma proliferação de um gene malicioso denominado alfa-sinucleína que ocorre no intestino e afeta os neurônios do sistema gastrointestinal de modo que causa danos e progride afetando as conexões nervosas até prejudicar o cérebro.

Ou seja, apesar do Mal de Parkinson ser uma doença neuronal, aparentemente essa situação começa no intestino e danifica vários tecidos e neurônios dessa região até que se espalha para o cérebro e começa a afetar a produção de dopamina.

Sintomas da doença de Parkinson

A doença de Parkinson é progressiva, por esse motivo os sintomas podem demorar bastante para serem notados, mesmo que essa situação já esteja acontecendo no organismo a vários anos.

Outra característica dessa doença é que os primeiros sintomas se manifestam de apenas um lado do corpo, de forma que o portador consegue perceber a diferença, pois, um lado não acompanha o outro.

Essa característica da doença é tão marcante, ao ponto de que caso alguma pessoa manifeste essa dificuldade de movimentos em ambos os lados do corpo, é praticamente impossível de que este caso seja diagnosticado como Mal de Parkinson.

Os sintomas podem não se manifestar de forma igual para todas as pessoas portadoras dessa doença, mas, geralmente o portador precisa manifestar no mínimo 2 sintomas primordiais que estejam nessa lista:

  • Tremor enquanto o corpo está em repouso
  • Lentidão para executar movimentos
  • Perda no olfato e consequentemente do paladar
  • Redução da amplitude dos movimentos
  • Rigidez muscular
  • Perda da coordenação motora
  • Distúrbios na fala ou dificuldade para falar
  • Dificuldade para conciliar atividades, como andar e conversar ao mesmo tempo

Além disso, outro fator importante a ser notado é que muitas vezes o portador da doença se queixa de uma redução na capacidade de sentir cheiros que pode acontecer até 20 anos antes do corpo manifestar os primeiros sintomas característicos da doença.

Outro fator em comum entre os portadores do Mal de Parkinson é a constipação, de forma que na maioria dos casos os pacientes se queixam dessa condição muitos anos antes de desenvolverem os sintomas da doença.

Isso também pode estar correlacionado ao mau funcionamento do intestino, visto que já foram identificados genes propícios a desenvolver a doença e que afetam os neurônios do sistema gastrointestinal.

Mal de Parkinson tem cura ?

Por se tratar de uma doença degenerativa, atualmente o Parkinson não tem cura, porém, é possível reduzir os sintomas da doença e melhorar a convivência com tratamentos e substâncias que ajudam o corpo a manter as suas funções por mais tempo.

Com isso, é possível reduzir e desacelerar a progressão da doença, mas ainda assim ela irá progredir até incapacitar o portador ao longo dos anos.

Mesmo que essa seja uma doença que progride conforme o avanço da idade, essa progressão tende a ser lenta, e diminuir consideravelmente caso o tratamento seja feito da forma correta e com o devido acompanhamento médico.

Por se tratar de uma doença com caráter multifatorial, o Mal de Parkinson pode ter várias causas, motivos e razões para se desenvolver no corpo, e isso dificulta bastante para que seja possível encontrar uma possível cura definitiva para a doença.

Causas do Parkinson

Essa é uma doença multifatorial, ou seja, pode envolver diversos fatores e na grande maioria das vezes não é possível definir exatamente quais são todas as causas prováveis envolvidas na evolução da doença.

Até o momento o que se sabe é que quanto maior a idade, maiores são as chances dessa pessoa desenvolver a doença.

Também é provável que exista uma ligação com a herança genética, de modo que caso já existam casos confirmados da doença na família, o risco aumenta bastante.

Outro fator que pode estar envolvido com o desenvolvimento do Mal de Parkinson pode ser referente ao consumo de substâncias tóxicas como produtos químicos, pesticidas e outros, além do consumo de medicamentos antipsicóticos por muitos anos ao longo da vida.

E outra causa provável é a manifestação de genes que contribuem para o desenvolvimento da doença, como é o caso da alfa-sinucleína, que pode afetar os neurônios do sistema gastrointestinal e progredir de forma constante degenerando tecidos e nervos até que consegue penetrar no cérebro e atacar a Substância Negra, causando a morte precoce das células do cérebro.

Remédio para Mal de Parkinson e tratamento natural

Por se tratar de uma doença degenerativa, o Mal de Parkinson irá provocar a morte acelerada do cérebro e isso pode manifestar vários sintomas característicos da doença que diminuem bastante a qualidade de vida do portador da doença.

Apesar de não possuir cura, é possível desacelerar a progressão da doença e melhorar a qualidade de vida do paciente de forma considerável.

O que não é possível, caso nenhum tratamento seja feito.

As melhores opções para que seja possível beneficiar ao máximo o portador do Mal de Parkinson é o acompanhamento médico e clínico, além do uso de terapias, como:

  • Fisioterapia específica
  • Terapia ocupacional
  • Fonoaudiologia

Todos são recursos úteis para retomar a qualidade de vida no portador dessa doença.

Porém, além disso, é possível utilizar fitoterápicos, suplementos e outras substâncias naturais que também estão relacionadas a melhorias significativas para a saúde cerebral.

Suplementos que são capazes de influenciar positivamente o portador da doença e melhorar bastante o quadro de resposta ao tratamento.

Produtos como:

5 HTP

Esse é um suplemento de triptofano, que atua no organismo como precursor da serotonina, um neurotransmissor excelente para aumentar a sensação de calma e diminuir o stress.

O que pode auxiliar bastante em casos de alterações constantes de humor, ou de casos onde a irritabilidade está bastante alta.

Esse é um suplemento capaz de penetrar no cérebro e auxiliar em uma melhora na saúde cerebral de modo geral, o que pode ser muito eficiente para quem possui essa doença. Comprar 5 HTP

Colina

Esse suplemento é benéfico para o cérebro, pois, ajuda a reduzir os níveis de aminoácidos prejudiciais ao corpo, dentre eles principalmente a homocisteína, que também causa danos ao cérebro.

Nesses casos, suplementar a colina pode ajudar a manter uma melhor saúde cerebral e ajuda a minimizar as chances de que placas se formem entre os neurônios e isso cause a degeneração dessas células.

Também ajuda a eliminar os resíduos ruins presentes no cérebro e que podem ocasionar vários efeitos negativos. 

Além disso, também é uma substância precursora da acetilcolina, que está relacionada a formação de novas memórias, o que pode ser bastante eficiente em pessoas idosas. Comprar Colina

Inositol

Essa substância também possui benefícios para o cérebro que estão bastante relacionados a uma maior facilidade e controle emocional, o que pode ajudar várias pessoas que sofrem com o Mal de Parkinson.

Pode ajudar a combater a bipolaridade e a ansiedade, principalmente em casos onde essa mudança de humor é mais nítida e frequente.

Também pode melhorar a receptividade do cérebro para outros neurotransmissores e melhora bastante e cognição, atenção e a concentração para execução das atividades diárias. Comprar Inositol

Coenzima Q10

Esse é um suplemento essencial para melhorar os níveis de energia no corpo, principalmente para quem tem mais de 30 anos, pois, a concentração dessa enzima no organismo cai de forma progressiva com o avançar da idade.

Promove uma melhora na energia e disposição para realizar as atividades diárias, e também ajuda pessoas que tomam remédios de forma constante, pois, em grande parte, esse uso de medicamentos reduz a concentração dessa enzima no corpo.

Por esse motivo, suplementar a coenzima q10 pode ser muito interessante não apenas por quem possui essa doença, mas também para qualquer pessoa que tenha mais de 30 anos. Comprar coenzima q10

Citrato de magnésio

Essa forma de magnésio é excelente para o cérebro, visto que o magnésio atua em mais de 300 reações químicas do corpo e é extremamente necessário para o bom funcionamento do organismo.

Pode ser utilizado principalmente para melhorar casos de ansiedade, depressão e apatia, onde existe uma alteração no quadro emocional da pessoa, que pode ser bastante afetado por essa doença.

Normalmente a alimentação não consegue suprir a necessidade de magnésio para o corpo, e essa falta de magnésio no cérebro pode causar o comprometimento de várias funções, dentre elas a aceleração do desenvolvimento de várias doenças da mente como o Mal de Parkinson. Comprar Citrato de Magnesio

GABA

Essa substância é chamada de ácido gama amino butírico e participa de aproximadamente 40% das sinapses cerebrais, ou seja, é extremamente importante para uma boa comunicação do cérebro.

Pode ser utilizado de forma excelente para ajudar a acalmar a pessoa e a melhorar o período de sono, pois, ajuda tanto a adormecer de forma mais rápida, quando a manter o sono profundo de melhor qualidade por mais tempo.

Pode ser usado como uma estratégia para diminuir os danos causados ao cérebro por medicamentos ansiolíticos e antidepressivos que causam danos ao cérebro ao serem utilizados, pois aumentam ainda mais o risco de uma pessoa a desenvolver demência. Comprar GABA

Melatonina

Esse suplemento é um hormônio produzido naturalmente pelo corpo, porém, se encontra em quantidades cada vez menores conforme o avanço da idade.

Principalmente em idosos, esse suplemento pode auxiliar bastante a ter um sono de melhor qualidade e também a reduzir a quantidade de radicais livres no cérebro, o que pode melhorar casos de doenças degenerativas e também reduzir o risco de se desenvolver esse tipo de doença cerebral.

Também ajuda no sistema imunológico, o que é excelente para qualquer pessoa idosa e que tenha um organismo um pouco mais fragilizado. Comprar Melatonina

L teanina

Esse é um aminoácido muito importante para reduzir o risco de sofrer com ansiedade e depressão, além de poder ser muito bem utilizado para acalmar o cérebro e melhorar a sensação de bem-estar.

Ajuda a aumentar a concentração cerebral e também melhorar a memória, o que pode ser excelente para pessoas que sofrem com Parkinson.

Ajuda a promover uma sensação de atenção e alerta sem a sensação de euforia, ao mesmo tempo que consegue trazer calma sem dopar a pessoa que está fazendo uso do produto.

Ajuda a relaxar o corpo e manter a mente produtiva por mais tempo ao longo do dia.

Por se tratar de uma substância que atua no cérebro, também ajuda a reduzir os riscos de doenças cerebrais até mesmo como o AVC. Comprar L teanina

L Tirosina

Esse aminoácido pode ajudar a melhorar a energia e o humor, o que pode ser bastante eficiente para uma melhor atividade do corpo.

Ajuda a combater a depressão e a redução da função cognitiva, de modo que estimula o cérebro a ser mais produtivo.

Ajuda a reduzir os casos de apatia, que podem ser causados pela doença devido a dificuldade em expressar as emoções e pela dificuldade em interagir com o ambiente da forma apropriada. Comprar L Tirosina

Lecitina

Pode ser utilizada por pessoas que desejam uma melhora na capacidade cerebral, pois, esse suplemento consegue aumentar a cognição e melhorar várias questões neurológicas que estão relacionadas principalmente com problemas de memória.

Isso é possível pois essa substância também funciona como uma precursora para a produção do neurotransmissor acetilcolina, que é um dos responsáveis pelo processo de aquisição de memórias recentes. Comprar Lecitina

Comprar Remédio natural para Parkinson no melhor preço

Você pode adquirir todos esses excelentes suplementos e fitoterápicos que irão te ajudar no tratamento do Parkinson acessando o site SuplementosMaisBaratos.com lá você poderá fazer sua compra confortavelmente direto da sua casa e recebê-la com um benefício excelente de frete grátis.

São suplementos excelentes, que conseguem melhorar a capacidade do organismo em combater e também prevenir as dores e situações negativas causadas pela doença.

Ou seja, adquirir esses suplementos hoje é a sua melhor opção para conseguir combater o Parkinson, facilitar seu tratamento e até mesmo prevenir o organismo dessa condição.

Se você precisa garantir que terá uma compra totalmente segura, faça sua compra em um site que tenha confiança e que já esteja presente no mercado tempo suficiente para transmitir toda a credibilidade que você precisa.

Acesse o site da SMB, faça sua compra e tenha todos os vários benefícios desses produtos para a sua saúde.

Tratamento para Mal de Parkinson

Minimal Price: R$ 119,00 119