Memória, Foco e Concentração

Tabela Lista

Direção Descendente

8 Produto(s)

Tabela Lista

Direção Descendente

8 Produto(s)

O que é a memória e como a alimentação correta pode melhorá-la ?

Os seres humanos são os únicos animais racionais. E, junto a essa racionalidade vem a capacidade da memorização de fatos e acontecimentos muito mais intensificados do que em um animal irracional. A memória diz respeito ao armazenamento e a utilização de informações passadas. Está intimamente conectada ao raciocínio, ao aprendizado e a utilização do inconsciente. É o despertar do cérebro para experiências já vivenciadas. As recordações mais presentes na memória de um indivíduo são as que trazem forte impacto emocional e sentimental, como acontecimentos na infância, recordações sobre relacionamentos passados, o momento do nascimento de alguém especial, o casamento, o dia da formatura da faculdade, a primeira viagem ao exterior, dentre outros. Na ausência da memória o ser humano ficaria sem rumo e sem direção na sua própria vida e em seus relacionamentos. A partir dessas informações é importante perceber que a preservação da memória é primordial para a construção de toda uma vida, pois é ela que torna possível a evolução em todos os âmbitos, sejam eles pessoais ou profissionais. Existem meios comprovados para a manutenção do campo do cérebro que guia esta função. O cérebro humano tem plasticidade e é readaptável, logo, há possibilidade para o desenvolvimento da memória e, consequentemente, para uma vida feliz e saudável. Um dos grandes segredos está na estimulação e esta se dá de diversas formas. A alimentação saudável é uma delas. Os alimentos naturais apresentam nutrientes e substâncias muito poderosas para melhorar as sinapses ligadas a área da memória. Um cardápio que traz benefício à memória é contemplado por vegetais e frutas, alimentos ricos em ômega 3 como salmão, linhaça, ricos em vitamina E como as sementes, gérmen de trigo, amendoim. Ácido fólico e alimentos ricos em antioxidantes são muito importantes também. Mais exemplos: espinafre, brócolis, abacate, azeite de oliva, oleaginosas, principalmente nozes, e chocolate amargo. São alimentos que apresentam substâncias que atuam diretamente no estímulo do sistema nervoso. Não somente aumentar o consumo de alimentos saudáveis, mas, também, diminuir o consumo de alimentos processados e ultra processados. Estudos científicos apontam que uma alimentação rica em caloria, gorduras saturadas e substâncias químicas como os conservantes, edulcorantes, acidulantes e corantes afetam diretamente a capacidade de memorização. Outro ponto importante de salientar é que a vida corrida e agitada dos tempos modernos dificulta a prática de uma alimentação balanceada e a manutenção da saúde de forma integral. A partir disso, a suplementação é uma potente aliada para chegar aos requerimentos necessários à saúde da memória.

Como manter o foco nos estudos ?

A memória é o artifício mais importante para a hora do estudo. Além da alimentação saudável é necessário adquirir uma mente sã, ou seja, uma mente sem preocupações no momento da leitura ou na hora de fazer um resumo da matéria ou do objeto de estudo. Para estimular ainda mais a memória neste sentido é fundamental apresentar uma rotina de atividade física também. Estudos associam uma mente saudável a essa prática. A estimulação do cérebro com leituras diárias é, ainda, uma das tarefas mais concretas para a memorização. A suplementação dietética, para aqueles que não conseguem atingir as recomendações de nutrientes e outros compostos, e os óleos essenciais apresentam comprovação científica de que são eficientes na estimulação do bem estar, na diminuição do estresse e na maior capacidade de memorização, ou seja, excelentes aliados para os prestadores de concurso, universitários e os estudiosos de maneira geral.

Como melhorar a concentração ?

Existem alguns hábitos que ajudam no processo e na própria concentração. Estar concentrado é como um hábito. Logo, a concentração é construída ao longo dos dias e das semanas até que permaneça e se torne algo natural ao longo dos anos. Para facilitar nesta busca por concentração é necessário estabelecer uma rotina de tarefas, ter horários pré-estabelecidos. Alimentos saudáveis como parte das refeições do dia-a-dia servem para a estimulação do cérebro e o alcance da concentração. Poucas pessoas sabem, mas beber uma quantidade adequada de água é ótimo para quem quer estar mais concentrado, pois a água participa de todas as funcionalidades do corpo. A falta de água, por exemplo, pode ser motivo para intensas dores de cabeça, literalmente. Além da saúde intestinal, para a saúde cerebral é de suma importância evitar os alimentos industrializados, ou seja, aqueles alimentos de "pacotinho" que são encontrados em prateleiras dos supermercados. Evitar aparelhos eletrônicos enquanto se almeja a concentração é um dos pontos chaves também. Além disso, ótimas noites de sono em uma cama confortável, em ambiente escuro e sem ruídos fazem toda a diferença quando o assunto é se concentrar por inteiro durante o dia. A concentração também requer um ambiente relaxado e calmo para as tarefas. Investir a atenção ao momento presente e a prática de meditação com o auxílio de óleos essenciais podem ser potentes aliados para uma vida mais concentrada.

Como a glicose afeta o foco e a concentração ?

O alto consumo de carboidrato (açúcar) gera uma uma excessiva absorção de glicose no organismo, de modo que a insulina produzida não comporta toda essa quantidade, acarretando em outros problemas metabólicos também, como o Diabetes Mellitus. A única fonte de energia que o cérebro aceita é a glicose, logo, antes de chegar ao cérebro todo carboidrato é convertido a glicose por processos bioquímicos. Artigos científicos revelam que esse excesso de açúcar está intimamente relacionado ao mau desempenho cognitivo, falhas na memória e no aprendizado de novas informações, apresentando um efeito deletério. Um estudo revela, inclusive, que grande quantidade de glicose no cérebro dificulta a comunicação entre os neurônios, o que explica a lentidão do raciocínio. Deste modo, é importante evitar doces, chocolate ao leite, produtos de panificação e lançar mão de carboidratos integrais e alimentos ricos em fibras e gorduras boas, como o ômega 3 e outros suplementos dietéticos.

5 suplementos eficientes para melhorar a memória, o foco e a concentração

Óleo essencial de alecrim

Totalmente natural, o óleo de alecrim auxilia no processo de concentração, pois aumenta o estado de alerta. Estudos mostram que o óleo essencial de alecrim aumenta a capacidade de memorização a longo prazo. Benefício no funcionamento cognitivo é observado. Oleo Essencial de Alecrim

Ginkgo Biloba

De origem chinesa, essa substância natural tem ação antioxidante (combate aos radicais livres e restauração de danos celulares). Intimamente relacionado a preservação do cérebro e, consequentemente, do aprendizado, concentração e memorização. Ginkgo Biloba

Colina

Também conhecida como vitamina B8, faz parte do complexo B de vitaminas. Funciona como cofator em diversas atividades fisiológicas, como na frequência cardíaca, e é importante para formação de neurotransmissores, potencializando a capacidade de memorização e a função cognitiva. Colina

Glutamina

Um dos aminoácidos mais importantes para o organismo. Atua na saúde cerebral, dentre outras atividades. Importante para acentuar o foco e a concentração. Melhora o humor e a memória.  Glutamina

L Carnitina

Reforça a função cerebral. Um aminoácido que melhora a memória por auxiliar na capacidade de concentração. Sua suplementação pode ser um aliada para a saúde do cérebro. L Carnitina

Memória, Foco e Concentração

Minimal Price: R$ 47,00 47