Colesterol

Tabela Lista

Direção Descendente

6 Produto(s)

Tabela Lista

Direção Descendente

6 Produto(s)

O que é LDL-colesterol

O LDL-colesterol é uma lipoproteína de baixa densidade e faz parte do metabolismo lipídico, ou seja, do metabolismo das gorduras. Após serem absorvidas, as gorduras são capturadas pelo LDL-colesterol que, em conjunto com outras lipoproteínas, atua diretamente no transporte dessas, já que o sangue é constituído majoritariamente por água e as gorduras apresentam características hidrofóbicas (não se misturam em meio aquoso). Este colesterol é conhecido popularmente como o “colesterol ruim” ou “mau colesterol” pois ele libera colesterol nas paredes celulares, no qual em excesso faz mal à saúde devido ao acúmulo de gordura e, por fim o entupimento das artérias e órgãos como o coração. Além disso, as gorduras são capturadas por células musculares e pelos adipócitos (células no qual são depositadas as gorduras). O LDL-colesterol tem um pequeno conteúdo de triglicerídeos em sua composição e é formada principalmente por colesterol. De modo geral, o colesterol é envolvido com o metabolismo dos hormônios esteroidais, com os ácidos biliares (formadores da bile) e a vitamina D. Constitui também as membranas celulares. As membranas são como capas de proteção para as células que formam todo o sistema do corpo. Esses componentes, ainda, estão envolvidos com o metabolismo energético. As gorduras e o colesterol são substâncias indispensáveis e apresentam funções primordiais para a sobrevivência humana, porém quando em excesso podem gerar diversos problemas. Há o consenso em estudos científicos sobre este tema. Tais estudos apontam uma forte correlação entre uma taxa maior que 160 mg/dL de LDL-colesterol e aumento do risco para eventos cardiovasculares como ataque cardíaco, aterosclerose, hipertensão arterial sistêmica, infarto, AVC, dentre outras. A grande prevalência associada ao LDL-colesterol elevado é a doença arterial coronariana que é o acúmulo de placas de gordura nas artérias do coração, apresentando íntima relação com os maus hábitos de vida e alimentação inadequada, com excesso de calorias, gorduras saturadas, gorduras trans (hidrogenadas) e carboidratos refinados. Além disso, o colesterol das lipoproteínas de baixa densidade aumentado está associado especificamente à aterosclerose. Deste modo, é de suma importância a realização de exames anuais para compreender o perfil lipídico e manter a saúde em dia. Para aqueles que têm dislipidemia (condição em que as concentrações de LDL-colesterol estão aumentadas enquanto as concentrações de HDL-colesterol estão diminuídas) e necessitam manter os níveis aceitáveis, é possível alcançar este feito através da mudança do estilo de vida, alimentação balanceada e uso de medicamentos e suplementos. Para a prevenção desta doença a suplementação também é muito interessante.

LDL colesterol alto x LDL colesterol baixo

Através de um acompanhamento médico e a solicitação de um exame bioquímico é possível detectar as concentrações da lipoproteína de baixa densidade (LDL-colesterol). É importante que as taxas fiquem dentro das recomendações (referências), visto que o LDL-colesterol muito abaixo do recomendado não irá exercer sua função biológica por completo. Muito acima se torna um fator de risco para as doenças citadas anteriormente. Para o conhecimento das referências e das taxas saudáveis, se atente a esses valores: < 130 mg/dL é a concentração desejável para os indivíduos. > 160 mg/dL é a concentração de LDL-colesterol considerada alta e que demanda atenção (KRAUSE, 2014). Em todas essas condições o manejo pode ser alcançado por meio da qualidade de vida, que envolve menos estresse, mais distrações saudáveis, aumento do consumo de frutas, legumes e verduras, diminuição do consumo de bebida alcoólica, aumento da atividade física e, em associação e com o auxílio de um especialista, o uso de suplementação adequada e de medicamentos.

Como aumentar o LDL colesterol

A hipolipidemia pode ter causa primária ou secundária. A primária é aquela na qual o distúrbio lipídico é de origem hereditária (genética). Já a secundária, a dislipidemia é decorrente do estilo de vida, de certas condições mórbidas ou de medicamentos. Aqueles indivíduos que apresentam seu perfil lipídico normal e depois apresentam a descompensação (elevação) é devido aos maus hábitos de vida à médio e longo prazo, o que demanda atenção pelos fatores de risco associados.

Como reduzir o LDL-colesterol

Assim como a hipolipidemia, a hiperlipidemia pode ter causa primária ou secundária. Exemplo: na condição de hipotireoidismo o colesterol total pode estar aumentado. A melhor forma de diminuir e adequar o LDL-colesterol é através do controle sérico pelo aumento do consumo de alimentos ricos em fibras e antioxidantes como frutas, legumes, verduras, cereais integrais e grãos/leguminosas. Diminuição do consumo de alimentos ricos em gordura saturada, gordura trans e colesterol. Aumento do consumo de ômega 3 (peixe, chia, linhaça) e ômega 9 (abacate, azeite). O padrão dietético DASH e o padrão de dieta Mediterrâneo são citados em estudos científicos, comprovando sua eficiência na melhora da dislipidemia. Nesses padrões de dietas é enfatizado o consumo de azeite, peixe, ovos, grãos, oleaginosas e porções generosas de frutas, legumes e verduras com uma diminuição importante do consumo de leite e derivados e da carne vermelha, no qual são fontes ricas em gordura saturada. A atividade física e a consequente diminuição da massa corporal também está muito associada ao controle do colesterol (diminuição do LDL-colesterol e aumento do HDL-colesterol). Além disso, os óleos essenciais e os suplementos recomendados abaixo pela Suplementos Mais Baratos podem potencializar este manejo da dislipidemia.

5 suplementos que podem ajudar a diminuir o LDL-colesterol


Óleo essencial de limão

Bastante utilizado na medicina ayurvérdica, o óleo essencial de limão além de auxiliar na melhora da depressão, de ser um agente antimicrobiano e usado para aliviar o estresse também pode auxiliar na diminuição do LDL-colesterol (colesterol ruim). oleo essencial de limao

Óleo essencial de hortelã

De forma natural é possível controlar o colesterol sanguíneo. O óleo essencial de hortelã está na lista! Este revigora o sistema digestivo e reduz a compulsão alimentar, o que está correlacionado ao controle do colesterol também, visto que os maus hábitos alimentares têm associação com a dislipidemia. oleo essencial de hortela

Liver refresh

Este suplemento auxilia na desintoxicação mais eficiente do fígado. O fígado é o órgão de produção das lipoproteínas (LDL, HDL, VLDL), logo, as funções metabólicas são beneficiadas com o Liver Refresh. remedio para o figado

L-metionina

É um aminoácido (subproduto para formação de proteína)e importante para diversas atividades estruturais no corpo. Além disso, auxilia na retirada do acúmulo de gordura no fígado, contribuindo para o controle do LDL-colesterol. Logo, a suplementação pode ser uma estratégia para o controle das taxas lipídicas. metionina

Silimarina

Um produto vindo da natureza que auxilia no bem-estar do fígado, capaz de manter a integridade na produção de compostos importantes, como o HDL-colesterol. Há consequente diminuição do LDL-colesterol.

Importante ter atenção ao rótulo e no modo de utilização dos produtos. Estes apresentam indicações e contraindicações específicas que devem ser levadas em consideração. Procure auxílio de um profissional capacitado para orientação e adquira suplementos confiáveis na Suplementos Mais Baratos. silimarina

Colesterol

Minimal Price: R$ 37,00 37