Tratamento para Esclerose Múltipla

Grid List

Direção Descendente

1-12 de 13

Página:
  1. 1
  2. 2

Grid List

Direção Descendente

1-12 de 13

Página:
  1. 1
  2. 2

 

A Esclerose múltipla é uma doença autoimune com caráter neurodegenerativo grave, que em muitos casos pode levar a incapacitação do portador, devido aos danos causados nas diversas áreas do cérebro e que posteriormente causam os efeitos negativos dessa doença.

Os sintomas da Esclerose são bastante variados, o que pode causar confusão e medo em grande parte das pessoas, pois, é bastante comum associar certos sintomas à doença.

Porém, para que seja possível identificar com clareza a ocorrência dessa doença, são necessários exames clínicos constantes e uma combinação de vários sintomas que necessariamente precisam acontecer ao mesmo tempo.

A Esclerose múltipla é uma doença progressiva, e que tem capacidade para degenerar áreas importantíssimas do cérebro que comandam principalmente a visão, a força muscular e a coordenação.

O que é a Esclerose múltipla ?

A Esclerose múltipla é uma doença autoimune que afeta principalmente o cérebro, os nervos ópticos e a medula espinhal de forma que os danos causados no cérebro são gradativos e tendem a progredir com o passar do tempo, caso o tratamento não seja realizado.

Esses danos ao cérebro acontecem pelo fato de que o próprio sistema imunológico confunde quais são as células saudáveis e quais são as defeituosas, como por exemplo as estruturas que compõem a Bainha de Mielina, que é o revestimento dos neurônios do cérebro e responsável pela comunicação cerebral como um todo.

Esses danos à Bainha de Mielina em grande parte é que são responsáveis por desencadear a Esclerose múltipla.

É por esse motivo que essa é doença é chamada de desmielinizante, pois, a reação inflamatória causada pelo distúrbio no sistema imunológico do corpo destrói a Bainha de Mielina e com o passar do tempo também começa a causar danos aos próprios neurônios, o que causa cada vez mais lesões no sistema nervoso central.

Na maior parte dos casos a Esclerose se manifesta em fases que podem variar entre épocas de surto seguido de remissão, ou seja, o indivíduo está bem e em seguida tem um surto que lesiona o cérebro, essa lesão gera algum tipo de sintoma da doença e depois de algum tempo o corpo melhora.

Essa lesão no cérebro pode se recuperar completamente, ou deixar algum tipo de sequela, logo após certo tempo acontece uma nova lesão no cérebro e os períodos de surto e de remissão se alternam acumulando sequelas e incapacitando o portador da doença aos poucos.

Estima-se que existam aproximadamente 2,5 milhões de pessoas são afetadas por essa doença no mundo, e apesar dos avanços da medicina, ainda não se sabe com certeza quais são as causas exatas para essa condição.

Sabe-se que a Esclerose múltipla é mais prevalente em mulheres do que em homens, e a faixa etária que possui maior risco de apresentar a doença se encontra entre 20 e 40 anos de idade.

Apesar das crenças populares, essa não é uma doença exclusiva de pessoas idosas, pois, já foi possível identificar casos até mesmo em crianças e adultos jovens.

Geralmente quem é portador da Esclerose múltipla presencia momentos tranquilos e normais por certo período de tempo e de forma repentina alguma crise acontece e causa as lesões cerebrais que incapacitam.

Tipos de Esclerose múltipla

Atualmente foram identificadas 4 variações da Esclerose, ou seja, existem basicamente 4 possíveis grupos que manifestam a doença de formas diferentes entre si e que podem ter tanto sintomas quanto evoluções diferentes da doença.

São elas:

Síndrome clínica isolada

Essa versão da doença ocorre quando uma pessoa aparentemente saudável sofre uma lesão na bainha de mielina por algum motivo desconhecido e a partir desse momento se inicia uma maior probabilidade dessa pessoa desenvolver a Esclerose múltipla.

Quadro padrão de Esclerose múltipla

Na forma padrão da doença, ela se manifesta de forma remitente e recorrente, ou seja, onde existem períodos onde acontecem surtos que causam lesões no cérebro e períodos onde o corpo se recupera desses surtos, porém, acontecem de forma constante ao longo da vida.

Esclerose múltipla progressiva contínua

Essa versão da Esclerose se manifesta quando a progressão da doença não ocorre mais a partir de surtos, em determinado momento os surtos param de acontecer e a doença já progride continuamente causando danos de forma constante até incapacitar o paciente ao máximo.

Esclerose múltipla progressiva primária

Nessa forma da Esclerose a pessoa possui um quadro de evolução contínua da doença desde o princípio, sem ocorrer períodos de surto e remissão, ou seja, nesse caso as lesões são cada vez maiores e sempre serão constantes.

 

Sintomas da Esclerose

Todos os sintomas da Esclerose múltipla são decorrentes das reações inflamatórias que acontecem no cérebro e que causam as lesões no sistema nervoso central.

A depender de quais serão os locais mais afetados por essas lesões, o corpo pode manifestar sintomas diferentes que podem variar de pessoa para pessoa.

Geralmente os principais sintomas dessa doença são:

  • Redução da sensibilidade no corpo
  • Diminuição da coordenação motora
  • Perda de força muscular de modo geral
  • Dificuldade no controle da urina e das fezes
  • Visão embaçada
  • Fadiga excessiva
  • Fraqueza nas pernas
  • Demora para executar tarefas simples

Além disso, conforme a doença progride, pode ocasionar uma grande perda nas capacidades físicas de forma que a portadora não consiga mais andar e fique acamada por um longo período de tempo.

 

Esclerose múltipla tem cura ?

Infelizmente, de acordo com a medicina atual a Esclerose múltipla ainda não possui uma cura, porém, existem tratamentos que ajudam a frear o progresso da doença e fazem com que o paciente possa manter uma boa qualidade de vida.

Além disso, também existe a opção de utilizar uma série de medicamentos e estratégias para fazer com que a pessoa que sofre com a doença consiga conviver de forma tranquila e realizar grande parte das funções de forma normal.

Apesar disso, é importante salientar que os danos que já foram causados no cérebro pelos surtos da doença e não se recuperaram de forma natural, dificilmente serão regenerados com o tratamento.

Mas, ainda que não seja possível retornar os estágios já evoluídos da doença, as chances de melhoria na qualidade de vida fazem com que o tratamento seja extremamente necessário.

 

Causas da Esclerose múltipla

Essa é uma doença multifatorial, ou seja, a Esclerose possui várias causas prováveis e também diversos fatores que podem influenciar no aparecimento e evolução mais rápida da doença.

Alguns desses fatores são genéticos, principalmente em pessoas que já possuem uma certa predisposição imunológica para desenvolver a doença.

Assim como também pode envolver fatores ambientais, como por exemplo uma incidência maior da Esclerose múltipla em países mais próximos aos polos e de clima mais frio.

O que provavelmente está relacionado com uma baixa exposição ao sol e consequentemente uma baixa capacidade de produzir a vitamina D, que é uma das mais poderosas aliadas para a saúde do corpo e necessita da exposição ao sol.

Além disso, também pode ter uma origem infecciosa por alguns vírus que podem causar lesões na bainha de mielina, como por exemplo, o vírus de Epstein-Barr.

 

Remédios para Esclerose múltipla e tratamento natural

Para que seja possível manter uma boa qualidade de vida e conseguir uma melhor convivência com a Esclerose, é necessário tratamento e remédios específicos de forma constante, dessa forma é possível reduzir as chances de novos surtos da doença.

Um dos objetivos do tratamento é diminuir as chances de que as lesões causadas no cérebro se acumulem e causem sequelas permanentes na qualidade de vida da portadora da doença.

Reduzir a progressão da Esclerose com o auxílio de medicamentos e acompanhamento profissional é sem sombra de dúvida uma das melhores opções para que seja possível manter uma boa qualidade de vida e conseguir conviver com a doença ao mesmo tempo que mantém todos os hábitos principais do dia a dia.

Mas, também é possível potencializar o tratamento com a suplementação e utilização de outras substâncias naturais e fitoterápicos que são capazes de promover uma melhor saúde do cérebro.

Alguns desses produtos são:

5 HTP

Esse é um suplemento de triptofano, que atua no organismo como precursor da serotonina, um neurotransmissor excelente para aumentar a sensação de calma e diminuir o stress.

O que pode auxiliar bastante em casos de alterações constantes de humor, ou de casos onde a irritabilidade está bastante alta.

Esse é um suplemento capaz de penetrar no cérebro e auxiliar em uma melhora na saúde cerebral de modo geral, o que pode ser muito eficiente para quem possui a esclerose múltipla. comprar 5 htp

Colina

Esse suplemento é benéfico para o cérebro, pois, ajuda a reduzir os níveis de aminoácidos prejudiciais ao corpo, dentre eles principalmente a homocisteína, que também causa danos ao cérebro.

Nesses casos, suplementar a colina pode ajudar a manter uma melhor saúde cerebral e ajuda a minimizar as chances de que ocorra a degeneração dos neurônios e das células do cérebro.

Também ajuda a eliminar os resíduos ruins presentes no cérebro e que podem ocasionar vários efeitos negativos.

Além disso, também é uma substância precursora da acetilcolina, que está relacionada a formação de novas memórias. comprar colina

Inositol

Essa substância também possui benefícios para o cérebro que estão bastante relacionados a uma maior facilidade e controle emocional, o que pode ajudar várias pessoas que sofrem com essa doença.

Pode ajudar a combater a bipolaridade e a ansiedade, principalmente em casos onde essa mudança é mais nítida e frequente.

Também pode melhorar a receptividade do cérebro para outros neurotransmissores e melhora bastante e cognição, atenção e a concentração para execução das atividades diárias. comprar inositol

Coq10

Esse é um suplemento essencial para melhorar os níveis de energia no corpo, principalmente para quem tem mais de 30 anos, pois, a concentração dessa enzima no organismo cai de forma progressiva com o avançar da idade.

Promove uma melhora na energia e disposição para realizar as atividades diárias, e também ajuda pessoas que tomam remédios de forma constante, pois, em grande parte, esse uso de medicamentos reduz a concentração dessa enzima no corpo.

Por esse motivo, suplementar a coenzima q10 pode ser muito interessante não apenas por quem possui essa doença, mas também para qualquer pessoa que tenha mais de 30 anos.

Visto que as pessoas que sofrem com casos de Esclerose múltipla sofrem com fraqueza e falta de energia, esse pode ser um ótimo suplemento. comprar coenzima q10

Citrato de magnésio

Essa forma de magnésio é excelente para o cérebro, pois, o magnésio atua em mais de 300 reações químicas do corpo e é extremamente necessário para o bom funcionamento do organismo.

Pode ser utilizado principalmente para melhorar casos de ansiedade, depressão e apatia, onde existe uma alteração no quadro emocional da pessoa, que pode ser bastante afetado por essa doença.

Normalmente a alimentação não consegue suprir a necessidade de magnésio para o corpo, e essa falta de magnésio no cérebro pode causar o comprometimento de várias funções, dentre elas a aceleração do desenvolvimento de várias doenças da mente. comprar citrato de magnesio

GABA

Essa substância é chamada de ácido gama amino butírico e participa de aproximadamente 40% das sinapses cerebrais, ou seja, é extremamente importante para uma boa comunicação do cérebro.

Pode ser utilizado de forma excelente para ajudar a acalmar a pessoa e a melhorar o período de sono, pois, ajuda tanto a adormecer de forma mais rápida, quando a manter o sono profundo de melhor qualidade por mais tempo.

Pode ser usado como uma estratégia para diminuir os danos causados ao cérebro por medicamentos ansiolíticos e antidepressivos que ao serem utilizados causam danos ao cérebro, pois aumentam ainda mais o risco de uma pessoa a desenvolver doenças degenerativas. comprar GABA

Melatonina

Esse suplemento é um hormônio produzido naturalmente pelo corpo, porém, se encontra em quantidades cada vez menores conforme o avanço da idade.

Principalmente em idosos, esse suplemento pode auxiliar bastante a ter um sono de melhor qualidade e também a reduzir a quantidade de radicais livres no cérebro, o que pode melhorar casos de doenças degenerativas e também reduzir o risco de se desenvolver esse tipo de doença cerebral.

Também ajuda no sistema imunológico, o que é excelente para qualquer pessoa idosa e que tenha um organismo um pouco mais fragilizado. comprar Melatonina

L teanina

Esse é um aminoácido muito importante para reduzir o risco de sofrer com ansiedade e depressão, além de poder ser muito bem utilizado para acalmar o cérebro e melhorar a sensação de bem-estar.

Ajuda a aumentar a concentração cerebral e também melhorar a memória e o vigor físico, o que pode ser excelente para pessoas que sofrem com essa doença.

Ajuda a promover uma sensação de atenção e alerta sem a sensação de euforia, ao mesmo tempo que consegue trazer calma sem dopar a pessoa que está fazendo uso do produto.

Ajuda a relaxar o corpo e manter a mente produtiva por mais tempo ao longo do dia.

Por se tratar de uma substância que atua no cérebro, também ajuda a reduzir os riscos de doenças cerebrais até mesmo como o AVC. comprar L teanina

L Tirosina

Esse aminoácido pode ajudar a melhorar a energia e o humor, o que pode ser bastante eficiente para uma melhor atividade do corpo.

Ajuda a combater a depressão e a redução da função cognitiva, de modo que estimula o cérebro a ser mais produtivo.

Ajuda a reduzir os casos de apatia, que podem ser causados pela doença devido a dificuldade em realizar as tarefas do dia a dia e pela dificuldade em interagir com o ambiente da forma apropriada. comprar L tirosina

Lecitina

Pode ser utilizada por pessoas que desejam uma melhora na capacidade cerebral, pois, esse suplemento consegue aumentar a cognição e melhorar várias questões neurológicas que estão relacionadas principalmente com problemas de memória.

Isso é possível pois essa substância também funciona como uma precursora para a produção do neurotransmissor acetilcolina, que é um dos responsáveis pelo processo de aquisição de memórias recentes. comprar Lecitina

Comprar Remédio natural para Esclerose múltipla no melhor preço

Para conseguir comprar todos esses suplementos para esclerose na melhor condição da internet, acesse o site SuplementosMaisBaratos.com, e receberá sua compra em sua casa da forma mais confortável possível e com um bônus incrível de FRETE GRÁTIS.

São suplementos excelentes, que conseguem melhorar a capacidade do organismo em combater e também prevenir as dores e situações negativas causadas pela doença.

Ou seja, adquirir esses suplementos hoje é a sua melhor opção para conseguir combater a esclerose, facilitar seu tratamento e até mesmo prevenir o organismo dessa condição.

Se você precisa garantir que terá uma compra totalmente segura, faça sua compra em um site que tenha confiança e que já esteja presente no mercado tempo suficiente para transmitir toda a credibilidade que você precisa.

Acesse o site da SMB, faça sua compra e tenha todos os vários benefícios desses produtos para a sua saúde.

 

Tratamento para Esclerose Múltipla

Minimal Price: R$ 37,00 37